Medicamento desenvolvido no Brasil cura paciente do vírus HIV

0

Nesta semana, foi comprovado que um tratamento desenvolvido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), eliminou o vírus do HIV de um homem que estava contaminado há sete anos. Foram 17 meses avaliando a inibição do vírus no organismo do paciente.

Informações complementares deste projeto serão apresentadas nesta terça-feira, dia 7 de julho, na Conferência Internacional de Aids, que ocorrerá virtualmente. O diagnóstico do exame gera suma importância para avanços em estudos científicos sobre a vacina, considerada o primeiro tratamento de sucesso contra o HIV, no qual é vinculado o transplante de medula. Segundo as fontes, o medicamento utilizou combinações de diferentes remédios e uma vacina criada a partir do DNA do paciente.

O chefe do Serviço de Infectologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Eduardo Sprinz, comentou que os resultados serão abordados à comunidades científicas internacionais, e que este é fator, marca o começo de uma nova era na luta contra a doença. Segundo o mesmo, o detalhamento dos trabalhos serão exibidos durante o congresso.

Até o momento, apenas outros dois pacientes se curaram do vírus da Aids, no mundo inteiro. Os dois casos foram tratados com transplante de medula, inibindo a disseminação do vírus nos organismos das pacientes.

 

Deixe Um Comentário

×