IPE Saúde abre possibilidade de retorno para ex-segurados

0

Ex-segurados do IPE Saúde, desligados a partir de 5 de abril de 2018, têm a possibilidade de retornar à assistência do instituto como optantes, com a publicação da Lei Complementar 15.496, de 6 de agosto de 2020.

Podem aderir ex-servidores estaduais, de convênios ou prefeituras e ex-dependentes, inclusive ex-PAC e ex-pensionistas, que tenham sido desligados de 05/04/2018 a 06/08/2020, com prazo para solicitar até o dia 04/11/2020. Ao optar, o segurado também poderá aderir ao Plano de Assistência Médica Suplementar (PAMES), na modalidade individual ou familiar (neste segundo caso, disponível apenas para ex-segurados titulares). 

A solicitação é feita com o preenchimento de formulário online e envio de documentos digitalizados diretamente no site do IPE Saúde, conforme a situação (ex-segurado titular ou ex-segurado dependente/pensionista). Clique aqui para fazer sua solicitação. 

Confira também outras modificações em função da nova lei:

Alterações nos prazos

O prazo para solicitar a permanência como optante foi alterado para 90 dias.

Somente poderão solicitar a permanência aqueles que tiverem permanecido por 12 meses no plano.

O prazo mínimo de permanência foi alterado para 24 meses (tanto para optante, quanto para segurado novo que não solicitar o desligamento dentro do prazo de 45 dias).

Licenciados

O prazo para solicitar a permanência também foi alterado para 90 dias. Se for solicitado após esse prazo, haverá carência.

Agentes políticos

Tanto do executivo quanto do legislativo, os agentes políticos podem solicitar o IPE Saúde, durante o exercício do mandato, sendo necessárias permanência mínima de 24 meses e contribuição paritária.

Autarquias e entidades “sui generis”, entidades de registro e fiscalização profissional

Nestes casos (que englobam a OAB, por exemplo) ainda é necessária a publicação de uma regulamentação própria e serão realizados termos de ajuste específicos.

 

Fonte: Ipe Saúde

Deixe Um Comentário

×