Dupla presa com entorpecentes irá responder processo em liberdade

0

Durante a Operação Avante, realizada pela Brigada Militar de Formigueiro nos dias 15 e 16 de maio deste mês, uma dupla foi presa portando entorpecentes. Eles foram presos em flagrante e o juiz plantonista, na ocasião, decretou a prisão preventiva de ambos, por tratar-se de crime de tráfico de drogas.

Em contato com a reportagem do Terra Fofa Online, Leonardo Argenta, advogado de um dos réus, informou que os dois irão responder o processo em liberdade, cumprindo medidas alternativas da prisão. “Foi feito um pedido de revogação da prisão preventiva. O juiz de São Sepé, Dr. Francisco, acabou negando, o que nos levou a fazer um habeas corpus com pedido liminar para Porto Alegre. Agora recebemos a noticia que nosso pedido liminar foi deferido”, comenta.

Leonardo explica que “são medidas cautelares diversas da prisão, por conta dos réus serem primários, não apresentarem maus antecedentes, e não apresentarem perigo à sociedade e nem a instrução do processo”.

“Na liminar deferida pela desembargadora Patricia Fraga, ela converteu a prisão preventiva em medidas cautelares, que são o comparecimento ao juízo a cada dois meses para informar e justificar atividades, a proibição de ausentar-se da Comarca sem autorização judicial e recolhimento domiciliar das 20h às 6h30 do dia seguinte”, acrescenta.

Ele destaca que o advogado José Augusto Bianchin, do outro réu, compartilha do mesmo entendimento e que o habeas corpus ainda irá ser julgado definitivamente.

Deixe Um Comentário

×